GREENBRAS EXPLICA: QUAIS OS TIPOS DE ENERGIA RENOVÁVEL?

GREENBRAS EXPLICA: QUAIS OS TIPOS DE ENERGIA RENOVÁVEL?

Quando se fala em energia renovável, podemos considerar desde a energia gerada através do sol (solar) e do vento (eólica), ou até mesmo o uso de combustíveis obtidos através de culturas renováveis, como os biocombustíveis. No entanto, é preciso levar em consideração as consequências do uso de tais fontes de energia quando se fala em energia limpa. As fontes de energia limpa são aquelas que não produzem resíduos tóxicos ao meio ambiente, ou sua interferência na natureza é mínima. Atualmente, são consideradas fontes de energia limpa a eólica, solar, maremotriz, geotérmica, hidráulica, nuclear e o hidrogênio.

Listamos abaixo um resumo sobre cada uma dessas fontes, e suas principais vantagens e desvantagens:

 

SOLAR: A energia solar pode ser aproveitada de diversas maneiras, desde o aquecimento de água, até a geração de energia elétrica através de painéis fotovoltaicos. Nesse último caso, a energia do sol é transformada em eletricidade através de células fotovoltaicas instaladas nos telhados, e enviadas para as 1residências.

Vantagens: é uma fonte inesgotável de energia; os equipamentos necessitam de pouca manutenção; podem ser instalados em diversos locais onde não há rede elétrica.

Desvantagens: não funciona a noite; seu custo pode ser alto para algumas aplicações.

 

EÓLICA: A energia eólica aproveita os ventos para movimentar geradores parecidos com cataventos e assim produzir energia elétrica.2

Vantagens: é uma fonte inesgotável de energia e pode abastecer locais onde não há rede elétrica.

Desvantagens: pode gerar ruídos, atrapalhar a migração de pássaros e provocar poluição visual (no caso de parques eólicos que podem ter centenas de cataventos).

 

MAREMOTRIZ: Nesse caso, o movimento das marés acionam turbinas que vão movimentar geradores de energia elétrica. É parecido com a energia eólica, apenas trocando o movimento dos ventos pelo das águas.3

Vantagens: é uma fonte de energia abundante capaz de abastecer milhares de cidades costeiras.

Desvantagens: só pode ser instalada em regiões costeiras (no mar), e a diferença de nível das mares ao longo do dia provoca uma produção irregular; o custo também é alto.

 

GEOTÉRMICA: A energia geotérmica é obtida pelo calor da terra, ou seja, ela é oriunda do magma que fica no interior da terra e faz com que a água de camadas subterrâneas evaporem e são expelidos para a 4superfície. Esse vapor é usado para movimentar turbinas e gerar energia elétrica através de um gerador acoplado a turbina.

 

Vantagens: não precisa queimar combustíveis para produzir calor; é implantada em áreas relativamente pequenas; produz energia sem interrupções.

Desvantagens: possuem custo inicial elevado; em regiões frias, utilizam anti-gelificantes que produzem CFCs (gases tóxicos).

 

HIDRÁULICA: A energia elétrica é gerada através de grandes usinas hidrelétricas que aproveitam o 5movimento das águas dos rios que possuem desníveis naturais ou artificiais. São as mais comuns no Brasil.

Vantagens: baixo custo de instalação, em relação às outras fontes;

Desvantagens: a construção dessas usinas pode causar alagamentos, mudanças na paisagem original, deslocamento populacional, destruição de ecossistemas, entre outros.

 

NUCLEAR:  Nas usinas nucleares, a energia elétrica é obtida através da fusão nuclear ou da fissão nuclear, 6 que libera energia térmica e aquece a água contida nos tanques. Essa água se transforma em vapor  que movimenta uma turbina acoplada a um gerador de energia elétrica.

Vantagens: não libera gases do efeito estufa; pequena área para construção da usina; grande disponibilidade do combustível; Independência de fatores climáticos (ventos e chuvas).

Desvantagens: armazenamento do lixo nuclear é perigoso e de alto custo; é mais cara, quando comparada a outras formas; há risco de acidentes nucleares; pode provocar problemas ambientais, devido ao aquecimento de ecossistemas aquáticos pela água de resfriamento dos reatores.

 

HIDROGÊNIO: O uso de hidrogênio para a geração de energia se dá através da reação química entre 7hidrogênio e oxigênio para formar água. Nesse processo, é liberada energia

Vantagens: Fonte abundante de hidrogênio (cerca de 75% da massa do universo é feito de hidrogênio); o hidrogênio não é tóxico; células de combustíveis não produzem ruído.

Desvantagens: o gás é de difícil armazenagem; células de combustíveis são muito caras; a obtenção do hidrogênio puro tem alto custo.

 

Além dessas fontes de energia, existem outras, como os biocombustíveis, que apesar de serem renováveis, geram gases e resíduos tóxicos, que a médio e longo prazo, prejudicam a natureza e a vida na terra.

Na verdade, todas as fontes de geração de energia existentes podem provocar impactos negativos ao meio ambiente. O fato é que, em alguns casos, esses impactos são quase desprezíveis pois não atingem níveis globais de poluição. Por esse fato, algumas pessoas consideram os biocombustíveis como fontes de energia limpa, pois, apesar de liberar Dióxido de Carbono quando são queimados, as plantas podem absorver esse poluente quando fazem a fotossíntese, fazendo com que o balanço do carbono seja zero para a atmosfera.

 

BIOGÁS: É obtido através da transformação de resíduos sólidos, como o lixo orgânico, em uma mistura8 gasosa, que substitui o gás de cozinha, derivado do petróleo. A matéria-prima é fermentada por bactérias num biodigestor, liberando gás e adubo.

Vantagens: substitui diretamente o petróleo; reduz o lixo orgânico e gera fertilizantes.

Desvantagens: o gás é difícil de ser armazenado; os resíduos podem ter patogênicos e transmitir doenças se não forem tratados adequadamente.

 

BIOCOMBUSTÍVEIS: São combustíveis gerados a partir de produtos agrícolas como semente de 9mamona, cana-de-açúcar e milho, que sofrem processos físico-químicos. Exemplos são o etanol, muito comum no Brasil, e o biodiesel.

Vantagens: substitui diretamente o petróleo; as plantas usadas na fabricação absorvem CO2 em sua fase de crescimento, ajudando a diminuir o efeito estufa.

Desvantagens: a produção da matéria-prima ocupa grandes extensões de terra que poderiam ser destinadas ao plantio de alimentos.

 

Para concluir, podemos notar que há várias alternativas ao uso dos combustíveis fósseis, como petróleo e carvão, que são altamente poluentes, e possuem reservas limitadas. Considerando a crescente demanda por energia no mundo, hoje é imprescindível que se atente ao uso e a disseminação dessas tecnologias para todas as classes da nossa sociedade.

 

A GreenBras tem o compromisso de tornar viável a aquisição e o uso de tecnologias de energia limpa no Brasil. Se quiser saber mais informações sobre como se tornar um feliz proprietário de um sistema de energia limpa, entre em contato conosco!
GreenBras, Energia Limpa para Todos!

One thought on “GREENBRAS EXPLICA: QUAIS OS TIPOS DE ENERGIA RENOVÁVEL?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *